Paris, uma das cidades mais belas da França, e com muitos louvores, do mundo. Cheio de pontos turísticos no centro e aos arredores, é muito fácil se perder em tanto deslumbramento, afinal, o que fazer em Paris em 3 dias?

Sim, 3 dias é um tempo bem curto, mas o suficiente para conhecer as atrações turísticas mais essenciais do local.

Quer saber como? Prossiga com a leitura do artigo e saiba o que fazer em Paris em 3 dias de forma intuitiva e clara. Pode ter certeza que você aproveitará bem a cidade.

Por que e o que fazer em Paris em 3 dias?

 Cidade mais bonita e romântica do mundo, embelezada no ventre do rio Sena, com uma longa, requintada, mas ainda assim, jovem história. Também mar da arte, da moda, da gastronomia e, claro, berço da elegância.

Por que 3 dias? Tempo suficiente para seu bolso e seus olhos. Aproveite os meses quentes de maio a agosto, ou os frios de janeiro.

E a seguir, um roteiro prático de 3 dias.

Primeiro dia

 Champs Elyssés

 Apesar de ser interessante começar pela Eiffel, há sempre um verdadeiro começo de fato. A beleza já começa pela avenida mais charmosa do mundo, a “avenue des Champs Elyssés”.

 Um lugar que é obrigatório você botar seus pés e andar, possui muitas das maiores e melhores lojas de moda e joalheria do mundo. Além disso, você pode se permitir almoçar em uma das esplanadas do local.

Porém tem opções para carteiras modestas, como os habituais fast-foods.

Arco do Triunfo

 Outro ponto de passagem obrigatória, foi erguido para comemorar as vitórias de Bonaparte, o que não é coisa pequena. Pode subir ao terraço, tendo dinheiro claro, e ter uma vista espantosa da avenida e da Torre.

E não esquecer que por baixo possui o Monumento ao Soldado Desconhecido, outra figura cheia de história na cidade.

 Catedral de Notre-Dame

 Marco do estilo gótico da metrópole, lugar perfeito para admirar as rosáceas, as altivas torres, o campanário e as gárgulas. Isso sem esquecer os milhares de vitrais coloridos, cada qual carregando uma história.

Lá que se encontra o Ponto Zero, onde começa o cálculo das distâncias na França. Possui 9 sinos, com o grande “Emmanuel” na torre sul entoando uma mesma melodia desde 1681.

Torre Eiffel

 Achou que ia esquecer? O mais importante fica para o final, e a visão noturna proporcionada pela torre é espantosa. Você pode subir ao segundo piso para ter uma bela visão, mas o preço talvez não seja muito convidativo.

Nesse caso, o ‘Champs de Mars’, a ‘Pont d’Iéna’, ‘Ancien Palais du Trocadéro’ e a ‘Jardins du Trocadéro’ podem oferecer uma bela visão para fotografias.

Segundo dia

Museu do Louvre

 Obrigatório para amantes da arte, o Museu do Louvre é o ápice artístico de Paris, com um manancial de tesouros da história da Humanidade.

Já começando pelo Palácio Real, um museu vivo com 800 anos de estilos arquitetônicos, do maciço românico à moderna pirâmide de vidro de Pei. Não esqueça também das esculturas helenísticas e claro, Mona Lisa e A Liberdade Guiando o Povo.

Palácio e Jardins de Luxemburgo

 A combinação de arquitetura ímpar e jardins carregados de luxúria se encontram aqui, onde arte e ambiente se aliam. Inspirados nos Jardins Boboli, em Florença, possui centena de estátuas, um lago e uma fonte espetacular.

O tempo que o Palácio Real carrega, faz dele um local histórico para a história da cidade, da nação em si. Por isso, atualmente acolhe o Senado da França.

Le Marais

 Para encerrar o passeio do dia, um dos bairros mais charmosos da cidade. Coletânea de experiências, com Street art, galerias e boutiques, além de praça para culinária em baguetes, vinhos e gastronomia em geral. Tudo lá!

A cultura boêmia se encontra aqui e é um palco perfeito para um jantar espetacular regado de vinho francês.

METRÔ DE PARIS: TUDO QUE UM TURISTA PRECISA SABER SOBRE.

Terceiro dia

 Montmartre

 Já próximo do fim, é bom se afastar da área central. E por que não se aproximar de outro bairro boêmio, frequentado por artistas e intelectuais.

Lá você pode encontrar, na margem direita do rio Sena, embelezada pela Basílica do Sacré Coeur.

Quartier Latin

 Já na margem esquerda, desfrute do bairro dos estudantes da Sorbonne. Lar de muitos cafés, restaurantes e bistrôs, além de local prestigiado pelo Panteão, os Jardins Luxemburgo e, claro, Sorbonne.

Galeries Lafayette

 Não esqueça também de fazer visita à principal loja de departamentos de Paris, com um terraço que proporciona uma linda vista da Eiffel. E lá também estará a estação de metrô Chausée d’Antin, já próximo do fim desse roteiro.

Pensando em o que fazer em Paris em 3 dias? Talvez se interesse por mais tempo, ou quem sabe, seguir uma outra ordem de lugares. De qualquer forma, aproveite a viagem.

Facebook Comments
Cashback na reserva de hotel